Sobre o site

 

 

Com este trabalho queremos ajudar cada leitor a perceber que, mesmo diante das dificuldades emocionais, há possibilidades de superação!

 

Nossa proposta é; produzir materiais e conceder orientação profissional que favoreçam na compreensão de que: Buscar o desenvolvimento pessoal e o cuidado com a saúde são recursos indispensáveis!

CRP 06/6715/J

 

Please reload

Artigos em destaque

 

 

 

Contato

 

 

Direcionaremos suas dúvidas:

 

(11) 2598-1096
(11) 97295-0305

 

E-mail: desenvolvendopersonalidade@gmail.com

 

Atendimentos realizados nas cidades de:

 

Santo André (SP) - Centro

São Paulo (SP) - Pinheiros

  • Wix Facebook page
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

A ansiedade além do 'frio na barriga'

02.06.2017

 

Nervosismo, dificuldade de concentração, preocupação exagerada, agitação, medo constante e receio de que a qualquer momento coisas ruins acontecerão são alguns dos sintomas psicológicos relacionados ao transtorno de ansiedade. Diferente do conhecido "frio na barriga" e da apreensão momentânea diante de algumas situações, a ansiedade patológica está presente de maneira mais incisiva, causando prejuízos para quem a possui.

Seus sinais não aparecem só no psicológico, mas também no organismo, com possibilidade de enjoos, tontura, sensação de desmaio, falta de ar, palpitações no coração, do de barriga, tremores, tensão muscular e dificuldade pra dormir, por exemplo.

No mundo, 264 milhões de pessoas sofrem com o transtorno, o que representa 3,6% da população, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), referente ao ano de 2015. No Brasil, o percentual é superior, com 18,6 milhões de pessoas identificadas com ansiedade, o equivalente a 9,3% da população. A quantidade, por aqui, subiu quase 6% em 10 anos.

As mulheres, assim como a depressão, são as mais atingidas. No entanto, a ansiedade não desperta com expressividade em uma faixa etária determinada, sendo comum em diversas idades. A psicopatologia, se não tratada, pode acarretar em prejuízos para a vida, seja nos relacionamentos amorosos, sociais ou no mercado de trabalho.

Para isso, a psicoterapia aparece como importante aliada nesse processo. Os psicólogos Thiago Caltabiano e Pablo Cordeiro, do Desenvolvendo Personalidade, comentam que a ansiedade tem sido um dos sintomas mais presentes nas pessoas que procuram a psicoterapia em seus consultórios. "É notório que a ansiedade é muito crescente na vida das pessoas e o que tratamos em psicoterapia são as formas de medí-la e de reduzí-las, mediante protocolos bem estruturados”, explica Caltabiano.

Cordeiro complementa. "É imprescindível entender que a psicoterapia possui processos e que os resultados estão totalmente relacionados com este entendimento, uma vez que pessoas com quadros ansiosos, pelas características que as acompanham, ficam muito preocupadas em obter resultados quase que instantâneos. E isso também é trabalhado em sessão”.

Ficar ansioso em determinados momentos da vida é importante, para garantir que estejamos empenhados e motivados a dar o nosso melhor. No entanto, se essa ansiedade estiver te prejudicando e impedindo que ações sejam tomadas, é hora de rever esse comportamento e procurar ajuda.

 
Texto: Raíza Dias - Jornalista da Equipe Desenvolvendo Personalidade
Fontes: Organização Mundial da Saúde e Hospital Israelita A. Einstein

Please reload