Sobre o site

 

 

Com este trabalho queremos ajudar cada leitor a perceber que, mesmo diante das dificuldades emocionais, há possibilidades de superação!

 

Nossa proposta é; produzir materiais e conceder orientação profissional que favoreçam na compreensão de que: Buscar o desenvolvimento pessoal e o cuidado com a saúde são recursos indispensáveis!

CRP 06/6715/J

 

Please reload

Artigos em destaque

 

 

 

Contato

 

 

Direcionaremos suas dúvidas:

 

(11) 2598-1096
(11) 97295-0305

 

E-mail: desenvolvendopersonalidade@gmail.com

 

Atendimentos realizados nas cidades de:

 

Santo André (SP) - Centro

São Paulo (SP) - Pinheiros

  • Wix Facebook page
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

A desconfiança absurda

18.07.2016

 

 

Há algumas pessoas que convivem com uma desconfiança absurda em relação a si; a seus projetos, sonhos e até mesmo ações pequenas do dia a dia. Falta-lhes energia, interação, ações em seu favor!

Nem sempre falta vontade, não é necessariamente preguiça, até parece ser, mas não é bem isso, parece ser uma sensação de ausência de sentido, de algo que tenha muita relevância para ela!

Às vezes isso pode ser indício/início de algum transtorno sim, e deve ser verificado com atenção e critério, mas vejo na prática clínica, no contato com as pessoas, que há situações bem particulares (problemas) que incidem de tal forma na vida pessoal que comprometem o desempenho esperado, e que por sua vez faz crescer certa desconfiança, já que a pessoa sente na pele o quanto esta falta de sentido faz dilacerar a autoestima.

Nestes casos a “falta de sentido” (que é casual, em função de experiências ruins, causado por problemas pessoais), faz a pessoa vivenciar uma desconfiança absurda, uma sensação de impotência nas decisões e ações que precisa tomar no dia a dia. Uma lógica possível de ser encontrada é:

 

situação problema = falta de sentido (casual) = vivências de desconfiança absurdas = impotência em decisões e ações.

 

Esta pequena exemplificação parece carecer de uma lógica linear, entretanto tem uma expressividade bem real para aqueles que a vivem. Quem passa por isso precisa vivenciar um processo psicológico, que lhe fará compreender uma realidade bem mais favorável: os problemas mais difíceis, aqueles que deixaram ou tem deixado marcas, podem se amenizar e deixar de abalar o seu presente e planejamentos futuros! É possível superar a desconfiança absurda!

Please reload