Introvertido?


Aquela criança que na escola não se "misturava", que sempre ficava apenas olhando os colegas dançando músicas lentas nas festinhas de escola, e sempre achando que nunca conseguiria ser diferente do que é. Essa criança cresceu e hoje tem dificuldade em se relacionar com pessoas, com eventos sociais, com hierarquia, e tem uma vida extremamente limitada em todos os seus campos devido a esse "jeitão" dela de ser. Hoje em dia as redes sociais ajudam a promover as relações com outras pessoas, mas ao mesmo tempo cria uma blindagem emocional que reforça a crença de que "não sou suficientemente bom para me relacionar de verdade", o entendimento de que a tela do computador "ameniza" a rejeição é sempre muito reconfortante.

O sinalizador que te diz se algo está "errado", será o nível de prejuízo relacional que você esta tendo e principalmente os incômodos versos angústias que as situações limitadoras colocam na sua vida.

Responder a crenças do tipo "não consigo me relacionar", te reforçam cada vez mais a se manter na posição passiva de sofrimento, esperando sempre garantias em relações humanas.

Te pergunto: Existem garantias em relações humanas?

Claro que não, ninguém pode te prometer que nunca fará com que você se sinta triste ou aborrecido, você que precisa estar preparado, resiliente e apto para lidar com algum tipo de expectativa não correspondida.

Sair da zona de conforto é difícil, mas não impossível. Promover primeiramente uma relação de confiança consigo mesmo é uma construção e um maravilhoso primeiro passo.

Refletindo?

AGENDE SUA CONSULTA

Telefone: (11) 2598-1096
WhatsApp: (11) 2598-1096

ATENDIMENTO:

ON-LINE E PRESENCIAL

Rua Tabaiares, 242 - Vila Santa Teresa - Cep: 09030-360

Próximo ao Hospital Brasil e Shopping ABC