Depressão: o desrespeito ao seu limite

Essa semana ouvi o relato do jornalista Ricardo Boechat da Rádio BandNews FM, onde ele colocou de forma muito esclarecedora os seus dias combate a depressão, e o alerta para a importância em procurar ajuda profissional.

Costumo dizer que a depressão, assim como outras psicopatologias, não aparecem da noite para o dia, ninguém vai dormir e acorda pela manhã com um CID de depressão ou de síndrome do pânico por exemplo. Após o descarte das causas orgânicas, passamos a compreender que a depressão é um estado construído dia a dia, muito diferente do "estar triste".

A inabilidade em externalizar sentimentos, em dizer "não", em acreditar e perceber as próprias potencialidades, fazem com que a depressão se instale e comece a impactar na sua qualidade de vida. A depressão é resultante do rompimento de todos os limites que você possui consigo mesmo; de tanto "calar", de tanto dizer "sim" quando se quer dizer "não", de tanto fazer aquilo que não gosta e de tanto "deixar pra lá", o seu limite acaba se rompendo gerando o inicio do quadro depressivo.

O papel do psicólogo além do acolher, amparar e ser empático, também engloba na identificação dos padrões de pensamentos e crenças individuais que reforçam a condição depressiva, te auxiliando na construção e validação dos seus pensamentos, crenças e potencialidades para lidar com o problema.

Respeitar o seu limite e assumir para você a realidade de ter que enfrentar esse momento é um ótimo início. Vamos perder o receio e a vergonha de aceitar para si mesmo a hora de pedir ajuda? Parabéns ao jornalista Ricardo Boechat pela sua coragem e determinação nos cuidados da saúde mental.

AGENDE SUA CONSULTA

Telefone: (11) 2598-1096
WhatsApp: (11) 2598-1096

ATENDIMENTO:

ON-LINE E PRESENCIAL

Rua Tabaiares, 242 - Vila Santa Teresa - Cep: 09030-360

Próximo ao Hospital Brasil e Shopping ABC