Sobre o site

 

 

Com este trabalho queremos ajudar cada leitor a perceber que, mesmo diante das dificuldades emocionais, há possibilidades de superação!

 

Nossa proposta é; produzir materiais e conceder orientação profissional que favoreçam na compreensão de que: Buscar o desenvolvimento pessoal e o cuidado com a saúde são recursos indispensáveis!

CRP 06/6715/J

 

Please reload

Artigos em destaque

 

 

 

Contato

 

 

Direcionaremos suas dúvidas:

 

(11) 2598-1096
(11) 97295-0305

 

E-mail: desenvolvendopersonalidade@gmail.com

 

Atendimentos realizados nas cidades de:

 

Santo André (SP) - Centro

São Paulo (SP) - Pinheiros

  • Wix Facebook page
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

As energias - tem estado animado ou desanimado?

15.06.2015

 

Em nosso processo de vida, do Estar-no-Mundo, é esperado que cada um de nós tivesse o desejo de crescer, de se realizar pessoalmente e conjuntamente, com as pessoas que queremos bem.

 

É com estas expectativas que “mergulhamos na vida”; com o desejo de que cada instante seja único, verdadeiro, intenso e feliz.

Sabemos sim que nem tudo “são flores”, mas mesmo assim nos inclinamos a viver a vida para que tudo seja o melhor possível, e da melhor maneira possível.

 

Segundo algumas teorias psicológicas são nossas pulsões de vida que nos impulsionam a obter gratificações, isto é, ser respondidos em nossos desejos de superação e crescimento. Isto significa meus caros que nossa estrutura humana nos pede que tenhamos forças, e sejamos determinados para buscar viver bem e realizar nossos sonhos.

 

Há, porém a pulsão de morte, que também pode impulsionar a pessoa para o estado de angústia, de certo desprazer pelas coisas. Mas não é definitivo!

Mesmo vivendo momentos ruins, enfraquecimento pessoal, ou seja, de falta de energias de vida e o “aparecimento” de “experiências de morte”, (pois é disto que estou falando de experiências psicológicas traduzidas na forma em que vivemos), enfatizo que isso não é ou não devia ser definitivo!

 

A verdade é que convivemos com estas duas pulsões (energias) de forma bem interativa e decisiva. Estamos lutando a todo tempo contra o declínio dos bons sentimentos, contra a fraqueza de nossos projetos, contra a morte da esperança e contra a estagnação! Pulsão de morte deve nos conduzir a encontrar os motivos da pulsão de vida, ameaçadas pelos sentimentos de estagnação e desânimo.

 

É preciso aprender a desenvolver esta superação! Permanecer desestimulado com tudo, desanimado com projetos e planejamentos pessoais, desistir de você e das pessoas, não ter vontade de prosseguir, etc não são bons sinais!

 

 

Please reload